ÁREA DO CLIENTE

Esqueceu sua senha?

Notícias

Veja soluções eficientes para reformar a casa

Para esquematizar uma reforma eficiente, em um tempo reduzido, é necessário um planejamento claro, com objetivos definidos, principalmente quando não há muito tempo disponível para esperar a obra ser concluída.

Não é possível criar uma estimativa de tempo, pois existem diversas variáveis como tamanho do imóvel, quantidade e níveis de reparos. O ideal para esse tipo de situação é optar por soluções rápidas e que não façam muita sujeira ou gerem muito entulho. “Reparos de gás e hidráulica demandam mais tempo de projeto e execução. Em alguns casos é necessário o nivelamento do contrapiso para instalação dos pisos, seja cerâmico, pedras ou madeira e isso pode levar mais tempo”, alerta Tássia Pereira.

Avalie as condições do imóvel

Antes de qualquer coisa, é necessária uma avaliação geral das condições dos pisos e revestimentos de paredes, para avaliar se há a necessidade de trocá-los. Caso a intervenção seja apenas estética e não estrutural, é possível que tudo seja concluído em um tempo reduzido.

Cuide do orçamento

É preciso que haja um planejamento detalhado das intervenções necessárias no imóvel, isso evita imprevistos e gastos extras. Os orçamentos iniciais podem ser mais simples e, itens decorativos como quadros e espelhos, por exemplo, podem ser comprados após a conclusão da reforma, não atrapalhando o tempo previsto para mudança e nem comprometendo os gastos iniciais com a reforma.

Não adie detalhes importantes

Caso seja necessário que haja intervenções construtivas, como novos pontos elétricos e troca de revestimentos cerâmicos, o ideal é que o profissional contratado comece a reforma por aí. Por conta do acúmulo de entulho e sujeira, não é indicado começar com isso no meio da reforma, ou deixar para outro momento. São intervenções prioritárias, que devem ser feitas antes de qualquer outra coisa.

Escolha acabamentos de instalação rápida

O ideal é pensar em acabamentos práticos, de instalação rápida, que não necessitem de muitos ajustes nas superfícies em que serão instalados. Bons exemplos disso são os pisos laminados e vinílico, ótimos para salas e quartos. O uso de piso sobre piso nas áreas molhadas como varanda, cozinha e banheiros, é uma boa solução para evitar a quebradeira de pisos cerâmicos. Para o revestimento das paredes, materiais que não geram sujeira podem facilitar todo o processo. Papeis de parede tem instalação rápida e os mosaicos de madeira ou PVC, podem ser fixados com fita dupla face de alta resistência.

Para uma reforma mais rápida o uso do forro em áreas como o living, ajudam na hora de criar uma iluminação decorativa para valorizar o espaço.

Pense no futuro

Idealizar e dimensionar os mobiliários é um passo importante, mesmo que nem todos sejam adquiridos no término da reforma. É importante organizar o espaço pensando na circulação. Por exemplo, se ainda não existe uma mesa de jantar com 6 lugares, mas o plano é que exista uma, o ideal é deixar o espaço reservado para essa mesa no futuro, evitando o acumulo de itens desnecessários. Aproveitar bem cada espaço faz toda a diferença.

Fonte: Revista ZAP