ÁREA DO CLIENTE

Esqueceu sua senha?

Notícias

Quais os principais tipos de câmeras de segurança para condomínios?

intelbras - camera de seguranca - condominio

Nos condomínios, independentemente se horizontais ou verticais, as câmeras de segurança se tornaram ferramentas obrigatórias para garantir a segurança dos condôminos, funcionários e visitantes. São elas os equipamentos que abastecem um sistema de CFTV (Circuito Fechado de TV). Além das câmeras de segurança, o CFTV é composto por um gravador digital de vídeo, disco rígido (HD), software/app e dispositivos periféricos necessários para a instalação do sistema, tais como: cabos, conectores, nobreak, etc. Segue abaixo a representação de um sistema de segurança.

camera de seguranca - sistema de cftv

Os formatos básicos de câmeras de segurança para condomínios

No setor de proteção aos condomínios, existem diversas opções de câmeras de segurança, cada uma com benefícios para diferentes situações. Confira os principais formatos e conceitos básicos.

1. Bullet

intelbras - camera de seguranca - bullet

Recebe esse nome por conta da sua forma, que lembra uma bala de arma de fogo e é o formato mais conhecido entre as câmeras de segurança. Costuma ser instalada em ambientes externos, principalmente quando se tem a intenção de evidenciar para as pessoas que se trata de um local protegido. Com isso, além de garantir o monitoramento, transmite a mensagem clara: o condomínio está seguro e estamos de olho. É bastante versátil e se adapta facilmente em aplicações de CFTV. Hoje, a maioria conta com infravermelho para visão noturna e diferentes aberturas angulares que devem ser consideradas dependendo do tamanho do ambiente onde será instalada e a área que se quer ter cobertura.

2. Câmeras dome

intelbras - camera de seguranca - dome

As câmeras Dome recebem esse nome pelo seu formato que lembra uma doma. Com design discreto são ideais para ambientes internos. Recomenda-se o uso do modelo em elevadores, hall de entrada, recepção e corredores. Assim como as câmeras bullet, possuem uma considerada quantidade de modelos com diferentes funcionalidades que potencializam a sua usabilidade dependendo do ambiente onde será instalada.

3. Câmeras varifocais

intelbras - camera de seguranca - varifocal

É a opção indicada quando se tem a necessidade de um enquadramento perfeito da cena ou do local. O foco da câmera consegue se adequar de acordo com definições programadas. Por isso, a dica é utilizá-la quando o objeto monitorado encontra-se longe do equipamento, pois o foco da lente consegue alcançá-lo. Num condomínio, sua aplicação é usual em estacionamentos, nas entradas e saídas.

4. Câmeras speed dome

intelbras - camera de seguranca - speed dome

São câmeras de segurança com uma movimentação de 360º e zoom. É possível acessá-las e controlá-las de forma remota por meio de uma central de videomonitoramento ou um vigia. Por suas características e funcionalidades, são usadas como apoio ao monitoramento de ambientes amplos e com movimentação intensa. São ideais para captura e identificação de detalhes que fazem diferença, como em situações de risco. Em um condomínio, podem ser usadas para monitorar a movimentação da rua para identificar atividades suspeitas, por exemplo. Estão disponíveis com ou sem infravermelho (visão noturna), pois dependendo do local, não é necessário o seu uso.

É importante mencionar que independente do modelo, todos os tipos de câmera citados no artigo estão disponíveis em altas resoluções de imagem, que podem chegar até 4K. Esperamos que esse conteúdo auxilie interessados no assunto a escolher o modelo de câmera mais adequado para cada condomínio. Quer conhecer mais sobre câmeras de segurança ou tem uma dúvida sobre o assunto? Deixe um comentário abaixo para os nossos especialistas.

Fonte: Blog Intelbras