ÁREA DO CLIENTE

Esqueceu sua senha?

Notícias

Combate e prevenção a incêndios

Um incêndio num condomínio pode tomar proporções catastróficas e, pensando em evitar acidentes e as muitas preocupações decorrentes deles, resolvemos abordar, na matéria de hoje, o tema da prevenção e combate a incêndios. Continue lendo esse post de fique por dentro do assunto.

  • Obras e reformas

Toda construção ou reforma precisa, impreterivelmente, da supervisão de um profissional responsável (arquiteto ou engenheiro), que, analisando a planta do prédio, identificará as áreas de risco do edifício, verificando portas de emergência, extintores e outros elementos importantes.

  • Extintores

Eles devem estar distribuídos adequadamente, de acordo com as áreas de risco de cada ambiente do edifício, e também devem ser trocados constantemente, de acordo com sua data de validade. Há vários tipos: o de água, o de pó-químico e o de CO2, cada um usado para uma situação específica (descrita no próprio equipamento). Alguns condomínios oferecem treinamentos aos moradores de como usar esses equipamentos.

  • Saídas de emergência

As portas de emergências devem estar corretamente instaladas, devendo abrir somente para fora. Em casos de incêndio, os condôminos devem optar pelas escadas, descendo até o térreo e procurando sair do prédio – nunca utilizando o elevador.

  • Brigada de incêndio

É recomendável que empresas e condomínios formem uma brigada de incêndio – um grupo de pessoas, do próprio prédio, que seja submetido a treinamentos para saber como agir em emergências. Se não há um grupo assim no seu prédio, converse com o síndico e com seus vizinhos sobre essa questão.

E então, o que você achou de nossas dicas?! Esperamos ter ajudado, trazendo esse assunto tão importante. O telefone do Corpo de Bombeiros (193) deve ser sempre lembrado entre os moradores, em murais espalhados pelo condomínio, por exemplo, facilitando a ação em situações de emergência.